sábado, 4 de abril de 2009

April Fool's Day

(Antes de mais nada, a criação disso se deve ao fato de eu estar procurando um psicólogo bom e barato.
Não usarei este espaço com intuito de mostrar qualidade em textos ou poesias bonitas.)

O tempo, meu Deus.

O dia amanheceu tão lindo que já me mostrava a resposta. Então, parti entusiasmado para o meu mundo de pseudo-intelectuais. Enquanto isso, a cada passo que dava, eu rezava cada vez mais. Não conseguia pensar em mais nada, só queria saber o resultado.

(Na semana que antecedia o nosso querido primeiro de abril, eu havia feito uma promessa e que felizmente não se concretizou. Entretanto, também havia oferecido para Deus "o que eu mais amava no momento", por um resultado. Parecia uma troca justa.)

Após o momento de pseudo-intelectualismo. O tempo estava lindo de um lado da cidade, porém, núvens negras estavam chegando, enquanto o sol brilhava, mas nada de chuva. E claro, era sinal de que alguma coisa aconteceria. Inesperadamente encontrei "o que eu mais amava no momento". Parecia estar tudo normal, na verdade, até melhor, pois ela estava mais intensa do que de costume(talvez eu estivesse, não sei).
Quando voltava pra casa o tempo estava fechado, muitas núvens negras no céu, mas nada de chuva.

Cheguei em casa e logo recebi a tão esperada notícia, o resultado de um mês de angústia e desespero. Tudo tinha acabado bem, o resultado era o esperado e desejado. Por um momento pensei, "só poderia ser este mesmo o resultado, um dia tão lindo... Mas e as núvens?".
Logo depois, como se Deus me escutasse, fui informado de que havia perdido "o que mais amava no momento" e então pensei, "parece justo, eu mesmo ofereci esta troca...". Lembra da promessa que fiz e não se concretizou? No final das contas, paguei a promessa sem necessidade(infelizmente).

Fiquei com a sensação de que merecia tudo o que aconteceu. Em um dia em que ganhei o que havia perdido, e que perdi o que havia ganhado. E o dia? O dia havia acabado, mas não choveu.
Se eu acredito em Deus? Nem por um minuto eu deixei de acreditar. Se chorei? Não, apenas agradeci. Se estou bem?

3 comentários:

  1. Que posso eu dizer a respeito?

    Poderia dizer muito! Mas, como sempre, acho melhor que eu nem diga nada (nunca sei se devo).

    Ainda bem que o desespero acabou... também agradeço por essas coisas.

    Se estou bem? ...

    ResponderExcluir
  2. eu ali em cima...
    o perfil de cima não tem blog!

    ResponderExcluir
  3. na verdade acho q tudo q recebemos é pq merecemos!
    "tudo que vai....volta"
    talvez, por alguns, isso seja visto como uma forma de se conformar com os acontecimentos... eu discordo.
    Não acredito muito no lance de SORTE, acho que, na verdade, os pensamentos guiam o mundo, qdo vc tem pensamentos bons, seu dia é bom, e qdo vc tem pensamentos ruins, parece que tudo da errado.
    Como vc msm disse, a troca foi justa pois vc msm tinha proposto, logo, vc msm tinha PENSADO, entao...aconteceu!
    Vc sempre ganha o q merece....porém, algumas vezes, indiretamente.
    é isso...
    O importante msm é estar bem com VC e ser feliz, não importa ond, cm ou fazendo oq!

    ResponderExcluir